Dono é aquele que sabe ser senhor e dono de si e consegue exercer o controle sobre algo e ser próspero. Foi com esse pano de fundo que o Palestrante e instrutor do Cooperativismo, Ainor Francisco Lotério, esteve ministrando uma palestra para novos colaboradores e cooperados do Sicoob Unicentro Norte Goiano, no município de Anápolis, GO. O tema abordado pelo Professor foi O Dono é o Associado: Motivação da Competência Cooperativa, onde buscou integrar colaboradores e alguns cooperados para a vivência do espírito cooperativo na prática.

Confira também 🤝  Cooperativismo para novos colaboradores

O sócio verdadeiramente dono de uma cooperativa tem consciência da sua dimensão e complexidade. Quando um associado compreende o que é uma cooperativa em toda a sua extensão, entende ele que ser associado é ser muito mais que dono financeiro dela, mas também um investidor e utilizador de seus serviços. Um dono financeiro apenas se preocupa se o seu dinheiro está garantido em sendo aplicado na Cooperativa de Crédito. (Ainor Francisco Lotério)

Um sócio que sabe que é dono tem um novo olhar: ele se “adona” de várias formas da sua cooperativa, ou seja, de maneira intelectual, de maneira ideal (sabe que o cooperativismo é uma forma de organização e fortalecimento dos indivíduos), de maneira financeira (recebe os dividendos resultantes de cada exercício, mas também paga a conta do erro, pois aqui “o associado é o próprio banqueiro”, ou seja, ele é o responsável por tudo e não o colaborador), pela participação (quem não participa fica de fora dos acontecimentos, não dá sugestões para solucionar problemas e não sabe o que está ocorrendo), dono profissional (Utiliza os produtos e serviços, métodos e técnicas), dono empreendedor (realiza suas atividades com estratégia e visão, beneficiando-se de todos os serviços prestados pela cooperativa), dono sucessor (preparar o herdeiro: passagem do comendo e dos negócios).

Confira abaixo algumas fotos do evento.

Veja mais fotos e publicação do Professor Ainor em sua Fanpage 🌐 Cooperação de mente e coração

Não apenas os associados precisam que sua cooperativa tenha êxito, pois os colaboradores  também vivem de resultados, logo devem estes servir de exemplo e ajudarem a promover o sucesso da cooperativa. 

O verdadeiro associado de uma cooperativa (que é o verdadeiro dono) não quer levar vantagem em tudo, puxar o tapete, explorar…, mas deseja cooperar para que os resultados para todos sejam bons, de modo que a satisfação do quadro social e seus familiares seja a medida do fortalecimento da sua cooperativa.

A motivação da competência cooperativa interna e do modus operandi da cooperativa se dá pela capacitação do seu quadro de colaboradores, em concordância e coparticipação dos seus associados. Daí investir em informação, formação e educação se fundamenta como um princípio de sustentação fundamental do cooperativismo.

Ainda mais, quando se fala em ser dono de uma cooperativa, qualquer associado e colaboradores (que são responsáveis e treinados para a sua operação no mercado financeiro) precisam, mais do que conhecer, vivenciar no dia a dia os princípios cooperativos, que resumidamente assim os apresentamos:

1º ADESÃO VOLUNTÁRIA E LIVRE
2º GESTÃO DEMOCRÁTICA 
3º PARTICIPAÇÃO ECONÔMICA DOS MEMBROS 
4º AUTONOMIA E INDEPENDÊNCIA 
5º EDUCAÇÃO, FORMAÇÃO E INFORMAÇÃO
6º INTERCOOPERAÇÃO 
7º INTERESSE PELA COMUNIDADE

Ainda observamos como sendo quase que um novo princípio, muito embora esteja mesclado dentro de todos os outros, a responsabilidade socioambiental (sustentabilidade) se apresenta com força de um princípio dentro da cooperativa.

Ser dono de uma cooperativa é, em última instância, desenvolver a capacidade humana de cuidar das pessoas, de respeitar as diversidades e somar as diferenças, além da capacidade material e tecnológica para vencer com os outros num cenário constantemente em mudanças.

Mais informações: Ludmilla Fernandes Rodrigues (62) 3099 0100 | (62) 99318 2268; Daniela Santos de Morais (62) 9 9362 5168.
Seiva DG (47) 3365 0264 | What’s app (47) 9 9976 4211.