Ainor Francisco Lotério
O palestrante da mente e do coração

O que é AGROSOFIA?

Trata-se de um neologismo, que quer retratar uma filosofia de vida baseada no agro. A palavra surgiu através da combinação do prefixo de agronomia, mais o sufixo de filosofia. Agro, entendido como sinônimo de campo, fundamento da agricultura, relação com a natureza e os seres que lá vivem, tanto humanos como animais e vegetais. Leva em consideração ainda outros fatores fundamentais, como a terra, as águas, o ar e a cultura desse meio. O que se quer dar é um sentido novo ao que estamos verificando na sociedade, com as pessoas querendo preservar o meio ambiente, voltando-se para o consumo de tudo o que é natural e produzido de maneira sustentável.

 

Este “tudo” no sentido de retratar alimentos, procedimentos, técnicas, métodos, comportamentos, pensamentos, modo de vida, entre outras expressões e técnicas. Com a Agrosofia procuramos retratar não apenas a sabedoria, a coragem, a paciência, a perseverança, a resistência, a fé, a inovação, mas um comportamento que pode ser adaptado filosoficamente para outras áreas da atividade humana. A Agrosofia é uma teoria que brota da natureza, associando cultura e modo de produção sustentável. Não se trata de ser “ecochato” ou “biodesagaradável”, mas “ecoagradável” e “bioagradável” para com todos os seres.  Não é um tema apenas para o campo ou para os agricultores, mas pra qualquer publico.

Trata-se de um novo conceito baseado em ciência, espiritualidade e desenvolvimento, onde se caminha com plantas demonstrando sua necessidade para a vida sustentável. Pode ser relacionado com todos os temas e empreendimentos. É com este intuito que desenvolvemos a agrosofia, filosofia, mística e ciência com base no agro, ou seja, nas forças da natureza, especialmente no mundo vegetal. Cada planta tem seu significado para o planeta e para nós.

Nossa filosofia de vida sustentável, procura sensibilizar as pessoas para o trabalho, a geração de renda, a convivência familiar e social, enfim, o amor focado nos seres que nos cercam e nos garantem a vida, fazendo-nos enchergá-los como um igual na linha da sobrevivência sustentável. Trata-se de uma ideia não agressiva que mostra a natureza como um grande bem da humanidade. Quem agrediu até agora tem o poder e a chance de se recuperar e proteger os recursos naturais. Assim como os seres humanos, a natureza precisa que protejamos e desenvolvamos seus recursos como prova de amor às gerações futuras.

Bom para o planeta é aquele que age de modo agrosófico (mística da vida com base no agro), que entende que enquanto houver seiva haverá sangue, não mais, e que sabe o jeito certo de ganhar dinheiro, gerando prosperidade no campo e nas cidades. Àquele que tiver fé como um grão de mostarda, a ele tudo será possível”, retratam bem esta associação de motivação humana, fé e natureza. Esta é talvez a mais notável parábola dita por Jesus Cristo, a mais de dois mil anos, para motivar pessoas que escutavam a sua “palestra”.

 

SUSTENTABILIDADE

Basta ligar a televisão, ler uma revista, um jornal, receber uma mensagem eletrônica que constantemente alguém se refere à sustentabilidade. Ser sustentável é fazer as coisas pensando no amanhã, deixando  um mundo melhor para nossos filhos e filhas.

A NOVA LEI: PRODUZIR, COOPERAR, GANHAR, VIVER E PROMOVER A VIDA!

Se a natureza está doente ela precisa de tratamento, acolhida, carinho e amor. Cada ser vivo deve ser visto como um igual na lei da sobrevivência e do desenvolvimento, pois há uma ligação em tudo. A natureza não geme em dor de parto, mas em dor de morte. Bom para o planeta não é mais aquele que se especializa em arrancar o que pode do meio ambiente e dos outros para si apenas, mas sabe que há uma ligação em tudo e por isto deve ser solidário, cooperativo.

A MAIOR HERANÇA: a majestosa prova de amor que podemos expressar para a geração futura não pode ficar filmada, gravada ou escrita apenas como uma lembrança. Deve ela, antes de tudo, ser uma prova da nossa saudável pegada existencial. Por isso, precisamos prepará-los para que sejam melhores do que nós. Do contrário, eles vão continuar tendo a certeza de que o grupo Engenheiros do Hawaii tem total razão com seu sucesso musical “Herdeiro da Pampa Pobre”.

Afinal, como diz a música, quem quer “deixar pro seu filho a pampa pobre que herdou de seu pai.” Precisamos cada vez mais compreender a mística da vida com base nas forças da natureza, para que todos os nossos empreendimentos tenham sucesso, tornando-se herança sustentável. Boas relações ambientais e sociais podem deixar um mundo melhor para todos. Não fique esperando por ações globais desencadeadas no dia mundial do meio ambiente, enquanto você pode pôr em prática soluções pessoais. Lembre-se sempre de fazer um ambiente inteiro ao seu redor.

 

Voltar