A coopera√ß√£o como j√° sabemos possui v√°rios significados, cada autor a aborda de uma forma, mas podemos afirmar que a coopera√ß√£o √© uma a√ß√£o consciente entre indiv√≠duos associados em busca de resultados para uma sociedade organizada. Compreender o princ√≠pio da educa√ß√£o, forma√ß√£o e informa√ß√£o, no contexto hist√≥rico e atual, bem como as concep√ß√Ķes de educa√ß√£o, compreender a diferen√ßa entre educa√ß√£o e capacita√ß√£o cooperativa, suas aplica√ß√Ķes e compreender o papel do Servi√ßo Nacional de Forma√ß√£o Profissional do Cooperativismo no campo da educa√ß√£o cooperativa foram os objetivos a serem alcan√ßados no curso ‚ÄúEduca√ß√£o Cooperativista‚ÄĚ ministrado pelo Professor Ainor Francisco Lot√©rio para associadas do Sicoob Creditapiranga, em Itapiranga, SC.

Veja mais vídeos do curso > Curso Educação Cooperativista com Ainor Francisco Lotério

O curso foi promovido pelo Serviço Nacional de Formação Profissional do Cooperativismo do Estado de Santa Catarina e está inserido no Programa Mulheres Cooperativistas.

O tema abordado pelo Palestrante foi ‚ÄúDoutrina e Educa√ß√£o Cooperativista‚ÄĚ, que iniciou o curso com uma reflex√£o afirmando que o cooperativismo se inicia na consci√™ncia de cada um e passa como um ideal para o grupo que se est√° (seja na fam√≠lia, na empresa ou em qualquer lugar). Por esse motivo, √© fundamental que muitos associados aprendam mais sobre essa doutrina, ou seja, em muitos casos h√° a necessidade de uma inicia√ß√£o ao cooperativismo.

Segundo o Professor,

A educa√ß√£o cooperativa √© um dos princ√≠pios mais relevantes do cooperativismo, pois √© aquele que possibilita a compreens√£o dos demais princ√≠pios e permite que todos associados desenvolvam melhor as suas atividades cooperativas e tamb√©m obtenham melhores resultados dos seus esfor√ßos. Historicamente, a educa√ß√£o se consolidou como o princ√≠pio de ouro do cooperativismo. Na atualidade, √© fundamental que mantenhamos essa chama acesa, pois sem a educa√ß√£o o sistema cooperativo n√£o tem condi√ß√Ķes de perpetuar seus valores, princ√≠pios e ideologia, o que compromete severamente a sobreviv√™ncia dessas organiza√ß√Ķes que primam pelo desenvolvimento econ√īmico, sustent√°vel e social de seus s√≥cios. A educa√ß√£o cooperativa √© um processo que n√£o se encerra na associa√ß√£o, pelo contr√°rio √© uma a√ß√£o que se desenrola ao longo do tempo e da participa√ß√£o do cooperado. A educa√ß√£o cooperativa agrega valores fundamentais √† vida do s√≥cio e proporciona o seu desenvolvimento integral, estimulando a participa√ß√£o e alinhando os objetivos e esfor√ßos, com a finalidade de obter os melhores resultados econ√īmicos e sociais.

Para formar e refor√ßar a doutrina cooperativista nas associadas, o Palestrante organizou o curso com fundamentos te√≥ricos da hist√≥ria do cooperativismo, seu desenvolvimento e evolu√ß√£o, a voca√ß√£o e as dimens√Ķes do papel estrat√©gico da aprendizagem no cooperativismo atual. Dessa forma, preparou uma apostila para servir de apoio durante e depois do curso para as participantes com o objetivo de trazer √† tona a voca√ß√£o da cooperativa, que √© a organiza√ß√£o da atividade econ√īmica dos cooperados, sobretudo, com consci√™ncia dos seus princ√≠pios e valores. Faz√™-las entender que o resultado reverte em mais renda, melhor qualidade de vida e bem estar social de sua fam√≠lia e comunidade, ou seja, n√£o √© para si egoisticamente, mas um pensamento que se arraiga e se fundamenta no coletivo e no bem comum.

Veja tamb√©m¬†ūüí°¬†Artigos e palestras sobre Cooperativismo

O curso foi realizado com uma metodologia customizada especialmente para esse momento. Trabalhos em grupo, din√Ęmicas interativas, participa√ß√£o ativa do p√ļblico, utiliza√ß√£o de can√ß√Ķes e apresenta√ß√£o expositiva do conte√ļdo foram algumas das maneiras com que Lot√©rio proporcionou para a constru√ß√£o e aprofundamento do conhecimento cooperativo.

Mais informa√ß√Ķes: Patr√≠cia Gon√ßalves de Souza (48) 3878 8823; Greice Elisa Stein (Sicoob Creditapiranga).
Seiva DG (47) 3365 0264 | WhatsApp (47) 99976 4211.