A Organização do Cooperativismo do Estado da Bahia junto ao Serviço de Aprendizagem no Cooperativismo realizaram o II Encontro de Direito Cooperativo. O evento ocorreu na capital baiana e teve como objetivo ampliar o conhecimento dos profissionais de direito sobre o tema cooperativismo.

Ministrando um dos momentos do Encontro, o Palestrante e Instrutor no Cooperativismo, Ainor Francisco Lotério, esteve abordando o tema A Importância Fundamental do Profissional de Direito para a Segurança Jurídica da Cooperativa e de todo o Sistema.

Levando uma abordagem voltada para a responsabilidade do profissional perante esse tipo societário, Lotério falou sobre o conceito do Direito na perspectiva do Cooperativismo. Disse que é importante compreender a origem, finalidade e aplicação dos princípios cooperativistas à contemporaneidade do Direito, para que haja um ordenamento jurídico.

Para apresentar um conteúdo que transformasse e corroborasse significativamente na vida do público, Ainor mergulhou a fundo nos princípios e na essência do cooperativismo. Apresentou a sua estrutura de representação desde o órgão máximo até a vida de uma cooperativa. Segundo o Palestrante, o advogado que deseja atuar em uma cooperativa deve conhecer não apenas a legislação vigente, mas também o cooperativismo enquanto doutrina. O grande desafio dessa abordagem foi para estimular os profissionais a conhecerem mais profundamente sobre a origem, evolução, princípios e valores cooperativistas.

Veja também
⁉ O que é uma Cooperativa, com Ainor Lotério

Ainor também abrangeu sobre o papel do Advogado na transparência legal de sua atuação para oferecer segurança jurídica aos gestores. Assim, apresentou algumas atitudes profissionais que colaboram para a atuação e enriquecimento dos profissionais no tempo atual.

Utilizando de uma fala clara e objetiva, o Instrutor teve uma abordagem interativa, conectando o público ao conteúdo de maneira dinâmica, agradável e consistente. Realizou uma atividade com elos de uma corrente, para simbolizar a importância da união e do objetivo do jurídico, que é a segurança da cooperativa. Desse modo, ele afirmou que o jurídico deve procurar quais são os elos mais fracos, a fim de fortalecer ainda mais o Direito Cooperativo.

O Encontro foi um dia dedicado à troca de experiência e construção do conhecimento cooperativo. Os temas foram adaptados para a velocidade do mundo atual, com o intuito de fortalecer os profissionais em seu campo de atuação. 

Confira a publicação que o Prof. Ainor fez em sua página no Facebook 🌐 A Importância Fundamental do Profissional de Direito para a Segurança Jurídica da Cooperativa e de todo o Sistema

Mais informações: Fernanda Fontes (Sescoop/BA) (71) 3421 5831; Ênio Meinen (Bancoob) (61) 3217 5233; Ângelo Pitombo (Advocacia Tributária) (71) 3043 7679; Jorge Henrique (VR14) (75) 99953 1822.
Seiva DG (47) 3365 0264 | Whatsapp (47) 99976 4211.