Palestra promovida pelo discipulado do Movimento Obra Nova Casais – MONC.

A abordagem se deu com base nesse pensamento:
OS LAÇOS FAMILIARES SÃO NOSSO PONTO DE REFERÊNCIA E GUARDIÃO DA ESTABILIDADE …

A diferença está sempre entre quem coopera e quem não coopera para um bom relacionamento, que pode se dar com base nessas três premissas: 

1.Admiração: estima, consideração…reação

2.Discrição: reserva, autocontrole, naturalidade

3.Ternura: delicadeza, doçura e gentileza

Quem constrói o seu lugar não avança sobre o lugar do outro.

Não sabemos mais esperar com esperança e entramos facilmente no desespero!

Quem gerou não vai embora e nem desiste! Quem tem filhos não pode esperar acontecer!

ESTÁS PRÓXIMO OU LONGE DO REINO QUE PROCURAS COM A MANEIRA QUE TENS AGIDO?

1.Nunca é tarde demais para aprender (se converter), mas é urgente, É AGORA! (Papa Francisco).

2.Necessitamos uns dos outros para sermos nós mesmos (Agostinho de Hipona, Sto Agostinho).

3.Sem calor humano não há entrosamento de vidas, nem fusão dos corações (Frei Anselmo Fracasso).

4.Ninguém é forte por suas próprias forças, mas graças aos outros (e à misericórdias de Deus) (São Cipriano de Cartago).

VISITAMOS O PORÃO DA NOSSA VIDA:

1.As histórias dos pais e antepassados

2.O passado ilumina caminhos e aponta soluções para o nosso presente

3.Nada daquilo que vivermos é perdido.

A sociedade cada vez mais globalizada torna-nos vizinhos, mas não nos torna amigos ou irmãos (Bento XVI)

Qual o projeto de construção de um mundo novo que você participa sem interesse exclusivamente pessoal?