fbpx
Ainor Francisco Lotério
O palestrante da mente e do coração

Palestra de Motivação no Seminário de Líderes Rurais

O Professor Ainor Lotério ministrou uma palestra de motivação no Seminário de Líderes Rurais. O evento foi promovido pelo Sindicato Rural de Urubici/SC em parceria com o Sistema FAESC/SENAR-SC. O encontro aconteceu no Parque Quedas do Avencal, em Urubici/SC, e reuniu palestras sobre o papel do Sindicato, a Estrutura Sindical, a Educação Profissional e Desenvolvimento Rural, a cargo de Olivério José de Lima (Pres. Sindicato Rural) e Gilmar Zanluchi (Superintendente do SENAR-SC). O tema explanado pelo Prof. Ainor foi “Estímulo Humano, Formação Profissional e Defesa dos Produtores Rurais”....

Leia mais

O Professor Ainor Lotério ministrou uma palestra de motivação no Seminário de Líderes Rurais. O evento foi promovido pelo Sindicato Rural de Urubici/SC em parceria com o Sistema FAESC/SENAR-SC. O encontro aconteceu no Parque Quedas do Avencal, em Urubici/SC, e reuniu palestras sobre o papel do Sindicato, a Estrutura Sindical, a Educação Profissional e Desenvolvimento Rural, a cargo de Olivério José de Lima (Pres. Sindicato Rural) e Gilmar Zanluchi (Superintendente do SENAR-SC).

O tema explanado pelo Prof. Ainor foi “Estímulo Humano, Formação Profissional e Defesa dos Produtores Rurais”. Segundo ele, 

Quem vê o prato sobre a mesa ainda não tem a certeza de que dentro dele estará a comida que tanto espera. Quem prepara a terra e providencia todos os insumos para o plantio, ainda assim não tem certeza de que a lavoura estará estabelecida no tempo certo. Estamos conectados com a terra e o universo: nós somos terra, planta, alimento, natureza, enfim, somos agricultores e incansáveis produtores rurais.

Também aconteceu na Sede do Sindicato Rural o descerramento da galeria dos Presidentes, de Placas de construção e revitalização. Além disso, houve a homenagem aos fundadores do sindicato, os baluartes da agropecuária urubiciense no últimos anos. A confraternização final aconteceu com entrega de placas aos produtores e líderes homenageados e um grande almoço de encerramento.

Mais informações: Gilmar Zanlucki (Superintendente SENAR) (48) 99619 7561; Graziela (Sind. Rural de Urubici) (49) 3278 4325.
Seiva DG (47) 3365 0264 | WhatsApp (47) 99976 4211.

-->

Liderança para o Sucesso no Seminário Estadual de Líderes Rurais

“Liderança para o Sucesso”, este foi o tema que o Palestrante Ainor Lotério ministrou no Seminário Estadual de Líderes Rurais. O encontro reuniu dirigentes de Sindicatos Rurais e diretores da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (FAESC), no Golden Hotel, em São José/SC. O evento teve como objetivo discutir as principais questões que envolvem o futuro do agronegócio catarinense. Nesse sentido, Ainor abordou o conteúdo entrando na palestra andando em pernas de pau. Essa dinâmica serve para fomentar uma reflexão sobre o papel do líder, nesse caso, o papel da liderança dos...

Leia mais

“Liderança para o Sucesso”, este foi o tema que o Palestrante Ainor Lotério ministrou no Seminário Estadual de Líderes Rurais. O encontro reuniu dirigentes de Sindicatos Rurais e diretores da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (FAESC), no Golden Hotel, em São José/SC.

O evento teve como objetivo discutir as principais questões que envolvem o futuro do agronegócio catarinense. Nesse sentido, Ainor abordou o conteúdo entrando na palestra andando em pernas de pau. Essa dinâmica serve para fomentar uma reflexão sobre o papel do líder, nesse caso, o papel da liderança dos representantes dos sindicatos rurais.

Veja também FAESC encerra atividade do ano com seminário e assembleia geral

Durante a palestra, o Professor falou sobre as mudanças que aconteceram e acontecem ainda nas propriedades rurais do estado. Entre elas, destacou o envelhecimento, êxodo rural, masculinização, desmotivação e falta de mão-de-obra. Esses desafios apresentam soluções breves, que duram pouco tempo. Por isso, Ainor falou sobre a importância de construir uma evolução profissional e organização do produtor que acompanhe essas mudanças.

Nesse sentido, ele levou para o público a história do Agro, desde sua origem há 10 mil ano atrás até os dias atuais. Ressaltou também sobre a necessidade de se atualizar com as novas tecnologias do Agro 4.0, que são o presente e futuro do agronegócio.

O Palestrante também abordou sobre as estratégias para ser um líder vencedor, ganhar autoridade e fazer uma liderança de sucesso. Assim, com todo seu domínio de conteúdo, dinâmicas e motivação, Ainor levou uma mensagem de valorização e diálogo intergeracional. Além disso, falou sobre a importância de cultivar pensamentos positivos e de uma vida com propósito.

Mais informações: Gilmar Zanlucki (Superintendente SENAR) (48) 99619 7561.
Seiva DG (47) 3365 0264 | WhatsApp (47) 99976 4211.

-->

Palestra motivacional para agricultores familiares em Diamantino/MT

O Palestrante Ainor Lotério ministrou uma palestra motivacional para agricultores no Seminário da Agricultura Familiar que aconteceu em Diamantino/MT. O evento aconteceu no Centro de Eventos Juarez de Abreu e foi uma parceria entre o SEBRAE Tangará da Serra, a Prefeitura Municipal, a Empaer e a Unemat. O tema para o encontro foi “Conhecimento para você. Fartura para o seu Negócio”, que teve como objetivo debater novas oportunidades de negócio para o homem do campo. Confira...

Leia mais

O Palestrante Ainor Lotério ministrou uma palestra motivacional para agricultores no Seminário da Agricultura Familiar que aconteceu em Diamantino/MT. O evento aconteceu no Centro de Eventos Juarez de Abreu e foi uma parceria entre o SEBRAE Tangará da Serra, a Prefeitura Municipal, a Empaer e a Unemat. O tema para o encontro foi “Conhecimento para você. Fartura para o seu Negócio”, que teve como objetivo debater novas oportunidades de negócio para o homem do campo.

Confira mais vídeos da palestra no Seminário da Agricultura Familiar

Com mais de 4 milhões de estabelecimentos da agricultura familiar em território nacional, a importância de fortalecer sua atuação como produtora é fundamental para a sociedade. Nesse sentido, Ainor levou um conteúdo que chamou a atenção dos produtores para os desafios no dia a dia do campo. Assim, de maneira alegre e motivadora abordou o tema “Os desafios do campo: motivação e prosperidade”.

Sendo assim, Lotério levou para a palestra alguns índices sobre a distribuição dos estabelecimentos da agricultura familiar por regiões no Brasil. Em vista disso, apresentou as mudanças que o campo sofreu e, consequentemente, seu impacto para a vida dos produtores rurais. Em outras palavras, Ainor falou sobre a evolução da agricultura e os impactos que a indústria provoca nas atividades rurais.

Prosperidade da Agricultura Familiar

Hoje, para alcançar o sucesso e a prosperidade da produção rural familiar é preciso estabelecer um planejamento e se profissionalizar para a gestão da propriedade. Dessa forma, o Professor apresentou algumas alternativas e sugestões para melhorar e qualificar a visão dos agricultores.

Por fim, outros assuntos que enriqueceram ainda mais esse momento especial foram sucessão rural, família e crise de valores. Assim, com a palestra motivacional para agricultores, Ainor conseguiu mostrar a importância da valorização da agricultura familiar. Esta, que responde  por 38% do PIB agropecuário do país e que influencia diretamente para a economia e abastecimento alimentício mundial.

Estiveram presentes no encontro, o prefeito Eduardo Capistrano (PDT), o gerente regional do Sebrae Vlademir Alves da Silva, o secretário municipal de Agricultura, Indústria, Comércio e Meio ambiente João Pedro Velasco, o vereador Valdemir Costa, os professores da Unemat Marinalva Pereira dos Santos e Sidney da Costa, o gerente de negócio do Sicredi Matheus Santos da Silva e o vice-presidente do Sindicato da Empaer Gilmar Antônio.

Mais informações: Margarida Silva (65) 3311 7400 | (65) 99621 0941; Luiz Pivovar (61) 98142 7996; Wlademir A. da Silva (65) 99610 6111.
Seiva DG (47) 3365 0264 | WhatsApp (47) 99976 4211.

-->

Palestra de motivação para pecuaristas – Grupo CITE 78

O professor Ainor Francisco Lotério ministrou uma palestra de motivação para pecuaristas no encontro comemorativo dos 35 anos do Grupo CITE 78. Este é um Clube de Integração e Troca de Experiências que fica em São Francisco de Paula/RS, que pertence à Federacite – Federação dos Clubes de Integração e Troca de Experiências. O evento ocorreu no Parque Rural Davenir Peixoto Gomes e foi um daqueles pra ficar ainda mais na  história. Os pecuaristas da região que há mais de três décadas vêm se reunindo e evoluindo por conta de adoção de novas tecnologias (insumos e manejo),...

Leia mais

O professor Ainor Francisco Lotério ministrou uma palestra de motivação para pecuaristas no encontro comemorativo dos 35 anos do Grupo CITE 78. Este é um Clube de Integração e Troca de Experiências que fica em São Francisco de Paula/RS, que pertence à Federacite – Federação dos Clubes de Integração e Troca de Experiências. O evento ocorreu no Parque Rural Davenir Peixoto Gomes e foi um daqueles pra ficar ainda mais na  história. Os pecuaristas da região que há mais de três décadas vêm se reunindo e evoluindo por conta de adoção de novas tecnologias (insumos e manejo), melhoraram sensivelmente a gestão das suas propriedades por conta da adoção de novas práticas de manejo, insumos modernos (suplementos, pastagens, medicamentos etc.). De pequenos a grandes produtores de carne e leite, reuniram-se para celebrar os resultados, motivar o grupo e incentivar o surgimento de sucessores. Assim, o grupo está preocupado com quem vai dar sequência nos negócios da propriedade.

A ideia, segundo a presidente do Sindicato Rural de São Francisco de Paula-RS, Sra. Margarete M. Marques, “foi firmar o pé ou fazer um recomeço na agropecuária, a partir de nós e de nossas propriedades”. Por isso, o tema foi abordado pelo engenheiro agrônomo Ainor F. Lotério “de maneira a preencher uma espécie de vazio não apenas tecnológico, mas também espiritual sentido nas propriedades, coisa que a tecnologia e a renda não resolvem. É preciso algo a mais, ou seja, o que fazer para motivar os novos, os mais velhos, as mulheres e toda a família no rumo da sucessão e no fortalecimento da propriedade”.

Veja também mais vídeos nos links abaixo
Violão e motivação com os pecuaristas (Ô de casa)
Dinâmica: Sei onde vou e deixo marcas positivas
Música: não vai dizer que se arrependeu
Violão e músicas com os produtores

Os produtores sentem que é momento de aprofundar a visão de mundo ao nosso redor e que a propriedade não é uma entidade isolada do mundo, mas um empreendimento que necessita de um espírito empreendedor.

Algumas perguntas novas para a velha questão da sucessão foram feitas e refletidas entre o significativo público presente no evento:

  1. Faz muito tempo que o tema da sucessão está sendo abordado?
  2. Quem assumirá as propriedades quando os agropecuaristas de hoje já não estiverem mais no comando?
  3. Qual a capacidade da propriedade de atender as necessidades dos sucessores?

O certo é que o futuro das propriedades agrícolas vai depender dos sucessores que forem preparados hoje.

A própria definição de sucessor diz que é aquele que “sucede com êxito” a outrem ou que o substitui em cargo, funções, herda os bens e os compromissos, o poder (liderança familiar) etc. Portanto, um sucessor não se constrói de uma hora para a outra, mas requer um investimento de uma vida. O filho ou a filha não vestem a camisa do negócio só porque os pais envelheceram, mas se estiverem motivados e conscientes de que vão ser felizes nesse novo local. Eles não querem apenas renda, mas conforto, formação e sentimento de realização pessoal e profissional.

O certo é que todos os filhos já são herdeiros. Todavia, sucessores nem sempre. Isso porque a transferência de um legado nem sempre é possível, mas herança não se pode negar. Daí, a importância de um sério, comprometido e constante investimento de produtores (pais e mães), entidades representativas da categoria e a formação de grupos dessa natureza, como o CITE 78 para dar cabo dessa importante tarefa para a continuidade e fortalecimento da produção agropecuária.

Mais informações: Margarete Medeiros Marques (54) 99966 8016.
Seiva DG (47) 3365 0264 | WhatsApp (47) 99976 4211.

-->

Palestra para jovens rurais no 2º Seminário Estadual da Juventude Rural

O Professor Ainor Lotério realizou uma palestra para jovens rurais na abertura do 2º Seminário Estadual da Juventude Rural. O evento aconteceu em Sombrio (SC), no Parque das Águas, e foi promovido pela Comissão de Agricultura e Política Rural da Assembleia Legislativa, presidida pelo Deputado Estadual José Milton Schaefer,  em parceria com a Escola do Legislativo Deputado Lício Mauro da Silveira e apoio do Sistema FAESC/SENAR e OCESC/SESCOOP/SC. O encontro reuniu...

Leia mais

O Professor Ainor Lotério realizou uma palestra para jovens rurais na abertura do 2º Seminário Estadual da Juventude Rural. O evento aconteceu em Sombrio (SC), no Parque das Águas, e foi promovido pela Comissão de Agricultura e Política Rural da Assembleia Legislativa, presidida pelo Deputado Estadual José Milton Schaefer,  em parceria com a Escola do Legislativo Deputado Lício Mauro da Silveira e apoio do Sistema FAESC/SENAR e OCESC/SESCOOP/SC. O encontro reuniu cerca de 250 jovens rurais da região sul do Estado para pensarem sobre o futuro da agricultura.

Ainor construiu a sua palestra reforçando a importância do cooperativismo para a sucessão familiar e o poder de participação do jovem no campo. Notadamente, isso é fundamental para a evolução tecnológica e o desenvolvimento desse espaço de empreendedorismo e relações humanas. Assim, o tema explanado foi “Cooperativismo: Juventude no campo, semente de sucesso”.

Veja também
Saiba como aproximar a família da Cooperativa
1º Seminário Estadual da Juventude Rural

Sucessor, Herdeiro e Legatário

Entre os conceitos abordados pelo Palestrante, alguns chamaram a atenção, como: sucessor, herdeiro e legatário. A palavra sucessor está associada com “aquele que sucede com êxito”, ou seja, substitui em cargos, funções e herança de bens e poder. Já a palavra herdeiro quer dizer “aquele que recebe a totalidade ou parte da herança”, seja ela uma propriedade, dinheiro ou bens imóveis. Por fim, tem o legatário, “aquele a quem se deixou um legado, que age com disposição própria”.

Nesse sentido, para cada situação existe uma realidade própria de sucessão e cooperação. Por isso, é fundamental a compreensão de cada situação, abrangendo a cultura local e familiar. Em outras palavras, perceber se as pessoas envolvidas são “cabeças duras”, se existe interesse dos filhos e se estão dispostos a quebrarem paradigmas. Pois, para novos tempos, exige-se novas mudanças e percepções para o fortalecimento da cooperação e incentivo da sucessão na agricultura familiar.

Veja Vídeo do Prof. Ainor chegando no evento

A revolução 4.0 e a permanência do  jovem no campo

Também foram explorados, os estágios da evolução da agricultura até o Agro 4.0. Bem como, a crise de valores vivenciada pelas famílias atuais, a nova persona do agronegócio e sua caminhada com a juventude rural durante muitos anos.

Desse modo, para facilitar a permanência empreendedora dos jovens no campo, o Professor lembrou que quatro pontos são fundamentais:

1. Fazer com que os sistemas físicos, digitais e humanos trabalhem de forma mais colaborativa;
2. Esforço conjunto de homens, máquinas e sistemas;
3. Novo jeito de produzir, de fazer negócios e de relações humanas;
4. Aprendizagem constante e dinâmica (autoaprendizagem).

Um evento com parcerias e participações de outros profissionais.

Também foram desenvolvidas outras palestras no foco cooperativista. Entre elas, a de Gilvane Kern, com uma  sobre Gestão Financeira, bem como de Airton Spies, que ministrou uma palestra sobre Novas Necnologias no Campo, foram desenvolvidas também no foco cooperativista. Antes do encerramento, foi organizada uma mesa redonda com os palestrantes para discutirem sobre o cooperativismo, a juventude e o futuro da agricultura.

Confira nossos temas voltados para Agricultura Familiar e Cooperativismo

No Seminário, Ainor conheceu a professora de Biologia, Débora Letícia Pereira, da Escola Básica Adolfo José Martins. Ela se encontrava no evento com um grupo de alunos que desenvolveu um projeto de sucessão com fruticultores. A partir disso, identificou situações que ajudam a compreender melhor a dinâmica da sucessão rural no estado. “Ela percebeu que os pais mais novos têm dificuldade de facilitar a sucessão dos filhos. Enquanto isso, os pais mais idosos se esforçam e querem que os filhos e filhas fiquem na propriedade”, constatou.

Dessa forma, percebe-se que a educação voltada à sucessão rural deve se iniciar desde cedo, dentro de casa e da propriedade. Todavia, a mesma só será aceita quando não houverem mais alternativas e mão de obra qualificada para a manutenção das propriedades. Por isso, o investimento na formação e na motivação para proporcionar uma nova cultura de sucessão é essencial para o sucesso da agricultura familiar, visando também o fortalecimento do cooperativismo como um movimento social e econômico, ou seja, de gente que quer gerar mais renda e ser feliz no campo.

Mais informações: Elvio Silveira (48) 3878 8800 | WhatsApp (48) 99976 4211; José Milton Scheffer​ (48) 999854040.
Seiva DG (47) 3365 0264 | WhatsApp (47) 99976 4211.

-->
Voltar